Passar o dia sentado na cadeira do serviço e não conseguir se aconchegar na cama por conta do travesseiro ou colchão pode trazer problemas para a sua rotina, colocando em risco sua saúde, principalmente a das duas costas. Ou será o contrário? Será que o fato de levarmos uma vida sedentária, com maus hábitos alimentares e ficarmos na mesma posição sob estresse mental não nos deixa dormir tranquilos, a despeito de um bom travesseiro ou colchão? Entenda:

Nossa rotina tem um peso enorme na nossa saúde, seja durante o sono ou no trabalho, e estar confortável faz toda a diferença, afinal essas são as atividades que tomam a parte do nosso dia. O período em que descansamos e dormimos é fundamental para a recuperação da nossa coluna, em especial dos desvios e contraturas musculares causadas pela postura sustentada (ficar na mesma posição), má postura e o estresse do dia a dia.

Porém não podemos esquecer que os hábitos durante o dia tem papel fundamental no controle da dor e do sono: pessoas ativas e que têm boa alimentação possuem menos dor nas costas e têm menos distúrbios de sono. 

Apesar das pesquisas científicas serem controversas quanto a real efetividade de intervenções ergonômicas na prevenção e tratamento de dores na coluna, sabemos que o conforto é sem dúvida um importante fator na qualidade de vida das pessoas.  Pensando desta forma, na sua saúde e bem estar, separamos algumas dicas e condutas que você pode tomar para escolher produtos mais confortáveis para sua coluna, podendo até evitar e aliviar eventuais dores. Continue com a gente!

evitar dor na coluna dormindo

Por que causa dor nas costas?

Atualmente com a rotina de trabalho, a maior parte do tempo estamos sentados na cadeira do serviço ou até mesmo no sofá (se for o caso do home office) trabalhando, e quando isso não acontece, estamos dormindo. Assim sendo, ativamos os mesmos nervos, articulações e músculos, que, por questões biológicas, passam a interpretar a posição como dor. É isto mesmo! 

Nosso sistema nervoso sensorial ao ficar na mesma posição, passa a perceber estímulos de posição como estímulos dolorosos! Você já viu algum cachorro ou gato horas na mesma posição? Certamente, não! Da mesma forma, deveríamos, assim como os outros animais, ficarmos em constante movimento. Se somarmos o fato de que estamos na mesma posição ao de estarmos em contato com superfícies hostis (cadeiras duras, travesseiros e colchões mal adaptados), acrescentamos ainda mais estímulos nocivos ao nosso sistema sensorial, culminando com agravo do desconforto e dor.

Por passarmos grandes períodos de tempo nessas condições, é necessário tomar cuidados especiais para manter sua coluna saudável. Nesses longos períodos de tempo, quando  não estamos com o apoio adequado na coluna, os músculos e nervos da estrutura ficam tensionados, quando deveriam estar em estado de relaxamento.

No caso do sono, a posição constante da estrutura da coluna, faz com que favoreça o aparecimento de dores no dia seguinte, o famoso torcicolo. Esta condição, apesar de ser uma dor aguda e passageira, pode predispor para o desenvolvimento de quadros crônicos, como a cervicalgia.

Uma noite mal dormida também pode interferir não só na saúde da coluna, mas na vida de maneira geral, uma vez que quando não estamos dispostos, tarefas diárias são impactadas, podendo agravar estados de  ansiedade  e depressão, alterações da pressão arterial e obesidade. Por isso, é necessário entender as funções e o tipo de travesseiro e colchão ideal para que problemas de saúde  sejam evitados.

O princípio é o mesmo quando falamos do trabalho, ou melhor, da cadeira de trabalho. Com o estofamento ruim, nada ergonômica e sem apoio de braço, se esse for o caso da sua cadeira, temos um problema.

dor na coluna

Passar horas sentados pode sobrecarregar a estrutura da coluna e descompensar problemas mais graves como hérnia de disco, cifose e até escoliose.

Escolha o melhor para sua coluna

O melhor travesseiro 

O bom travesseiro deve se encaixar direito entre o pescoço, na distância do ombro à cabeça.

Segundo os especialistas em ergonomia, o travesseiro precisa contornar a forma exata da pessoa, distribuindo o peso uniformemente na coluna vertebral e no pescoço. A cabeça de um adulto pesa em média de cinco a sete quilos e o travesseiro carrega essa carga diariamente. Por isso, deve dar apoio aos lugares certos.

Está na dúvida quanto à qualidade? Experimente! Deite-se e use o travesseiro ali na loja mesmo. Tente ver seu alinhamento ou peça a alguém que esteja com você para checar. Cuidado ao adquirir sem testar! Veja ao menos  os reviews do fabricante em sites de atendimento ao consumidor

A cadeira para o Home Office

Seja de escritório, seja  gamer, o importante é que a cadeira tenha o maior número de ajustes possíveis. Os essenciais são as alturas do assento e dos apoios de braço e a inclinação das costas. Quanto ao encosto, quanto maior a área de apoio (não apenas a lombar), melhor, nesses casos as cadeiras gamers são boas opções, por trazerem o melhor conforto para quem fica horas em frente ao computador.

O assento deve distribuir bem o seu peso – do contrário, você sentirá dores. O ideal é nem duro, nem macio demais. Quanto ao material da cadeira: aquela telinha esburacada te deixa fresquinho, mas é difícil de limpar. Já o couro sintético é fácil de higienizar com pano úmido, mas não ventila. 

melhor cadeira para coluna

O melhor colchão para coluna

Não existe o melhor colchão, mas sim o colchão ideal para você. Ele precisa se adequar à sua curvatura natural, assim como a maneira de dormir da pessoa. Em razão disto, é muito importante a escolha do colchão, devendo ser firme o suficiente com o propósito de dar sustentação ao corpo de uma forma equilibrada, porém com sistema de acolchoamento para evitar pressão nas proeminências ósseas (quem tem tendinite glútea, sabe disto!). 

Ao buscar pelo colchão ideal, é preciso ficar atento a 3 pontos:

A dor nas costas continua

É importante ressaltar que apesar de serem grandes vilões para a coluna quando mal utilizados, nem sempre o colchão, travesseiro ou cadeira são os reais responsáveis pelas dores nas costas.

Como já citamos anteriormente, existe uma gama de patologias que podem surgir ou até mesmo se agravar com esses hábitos, sendo assim, não deixe de buscar por uma médico especialista que irá realizar o diagnóstico correto e iniciar o tratamento o quanto antes para garantir os melhores resultados.

Fique atento, não negligencie as dores na coluna, assim como assimetrias nos ombros, costelas e bacia…

Vale ressaltar a importância de um médico especializado para realizar o diagnóstico correto. Pensando em proporcionar a melhor solução para sanar os problemas dos pacientes, o Dr. Henrique Noronha é médico ortopedista, especialista em cirurgia de coluna e intervenção de dor, usando técnicas minimamente invasivas, se colocando sempre à disposição para trazer mais qualidade de vida às pessoas que sofrem com problemas na coluna – Agende já a sua consulta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.