Infiltrações e Bloqueio na coluna

Bloqueios ou infiltrações são procedimentos minimamente invasivos utilizados para o tratamento de dor. Envolvem apenas o uso de agulhas e a aplicação de medicamentos analgésicos (opioides, clonidina), anestésicos (xilocaína /bupivacaína) e/ou anti-inflamatórios (corticoides) em territórios responsáveis pela condução e/ou gênese da dor, sem a necessidade incisões (cortes) ou uso de bisturi.

img_hnoronha_26_rizotomia_destacado

São procedimentos realizados em hospitais, sem necessidade de internação (alta em 30 a 60 minutos após o procedimento), de rápida execução (10 minutos de procedimento), de baixo risco clínico, aplicável a pacientes com comorbidades e idosos, e de fácil programação, uma vez que não exige preparo especial. Podem ser realizados somente com anestesia local ou sob sedação (auxílio de anestesista) de acordo com o desejo do paciente. Normalmente o pico de resposta se dá́ entre o 3º e 14º dia com tempo de analgesia que pode chegar acima de 3 meses a depender da patologia, da resposta individual à medicação e da reabilitação física. Trata-se de uma abordagem com excelente relação risco/benefício no tratamento da dor, e que, associada a uma reabilitação física individualizada, podemos alcançar ao controle total dos sintomas.
Tipos de infiltração utilizados em coluna:

Infiltração Facetária

Consiste na infusão interarticular de medicamentos e/ou bloqueio do Ramo Dorsal Medial responsável pela condução de dor facetária. Procedimento utilizado no diagnóstico e tratamento da dor facetária (articular), presente em artrose da coluna, e/ou sobrecarga mecânica ligamentar. Caso o efeito não seja duradouro, podemos associar este procedimento a radiofrequência ou infusão de álcool/fenol para neutralizar o ramo dorsal medial e obter mais tempo de analgesia. Este processo é chamado de rizotomia.

img_hnoronha_26_rizotomia

Infiltração Epidural

Consiste na infusão de medicamentos no espaço epidural, capaz de atingir discos e raízes, com resposta rápida e boa duração na analgesia de dores ciáticas e discogênicas. Muito utilizados para estenose de canal e fibrose epidural (pós cirurgia da coluna).

img_hnoronha_25_epidural

Infiltração Foraminal

O forame é o espaço por onde a raiz (nervo) sai do canal vertebral, um lugar muito comum de pinçamento seja por hérnias, osteófitos (bicos de papagaio/artrose). A aplicação de medicamentos nesta região consegue atingir o nervo, o disco e os ligamentos presentes nesta região, conseguindo anestesiar e desinflamar estas estruturas. Procedimento muito utilizado para neuropatia pós-herpética, hérnia discal, fibrose epidural e dor complexa regional.
img_hnoronha_28_infiltracao-foraminal

Infiltração de Articulações Sacroilíacas

As articulações sacroilíacas são fontes comuns de dor, porém nem sempre diagnosticadas, uma vez que os exames clínico e radiológico normalmente estão associados a doenças lombares. Uma forma de diagnosticá-la é infiltrando anestésico nas articulações (teste terapêutico). Uma vez constatada melhora da dor inicial, podemos aplicar anti-inflamatórios e analgésicos no local, ou ainda, associa-las a radiofrequência (rizotomia).

img_hn_infiltracao_sacroiliaca

Infiltração de Hiato Sacral
Hiato sacral é um orifício encontrado no cóccix a partir do qual conseguimos aplicar medicações e atingir raízes sacrais, responsáveis pela sensibilidade sacroilíaca, períneo e cóccix, além das raízes lombares L4 e L5. Procedimento muito utilizado, pois, consegue abranger um território amplo a partir de um único acesso.

Infiltração Articular

Procedimentos que podem ser utilizados em conjunto com as abordagens anteriores, caso haja patologia dolorosa associada que possa interferir na reabilitação ou intensificar os sintomas na coluna. Por exemplo: bursites trocantéricas, artrose de quadril, joelhos ou ombros.

img_hnoronha_24_trocanter

Bloqueio neurolitico e neurotomia

Procedimento intervencionista de dor indicado para pacientes com dores articulares artrose (joelho e quadril), podendo ser acompanhadas ou não de viscossuplementacao (ácido hialurônico).